top of page

Escolhendo a melhor localização para o inversor fotovoltaico

Instale o inversor onde ele fique acessível para a manutenção e a conexão elétrica

É imprescindível prever o local da instalação do inversor no processo de negociação para antever os custos


É imprescindível prever o local da instalação do inversor no processo de negociação para antever os custos.

A popularização de sistemas fotovoltaicos levou à criação de empresas com pouca qualificação e mesmo dessa forma foi possível prosperar com grande atratividade comercial. Muitas vezes enxergamos instalações onde existem claros erros de posicionamento do inversor fotovoltaico – mas, afinal de contas, onde é então o lugar ideal? Para responder a esta pergunta, podemos resgatar o manual (PHB5000T-DS) de maneira a coletar importantes informações para a definição:

  1. Para obter o melhor desempenho, a temperatura ambiente deve ser inferior a 45 ºC

  2. Certifique-se de instalar o inversor em um local onde esteja protegido da luz do sol direta, da chuva e da neve.

  3. Certifique-se de que o local de instalação esteja bem ventilado.


Com estas requisições garantimos que o inversor esteja em ambiente capaz de garantir a sua produção energética otimizada.

A incidência de luz do sol direta poderá agravar suas condições de operação e levar o equipamento a uma morte prematura por estar em estresse térmico constante, maior do que o projetado.

A proteção IP65 deste inversor garante proteção contra jatos de água, entretanto, não se deve instalar o inversor de modo que fique exposto à chuva, evitando assim riscos de umidade interna excessiva e corrosão de componentes prematura.

Distâncias mínimas

Para a dissipação do calor e para a conveniência no momento da desmontagem, os espaços livres ao redor do inversor devem estar em conformidade com o padrão descrito abaixo. A posição de instalação não deve impedir o acesso aos meios de desconexão.

Observe que existem necessidades para que o inversor mantenha boa temperatura de operação. O manual aqui exposto trata do modelo PHB5000T-DS, que depende do fenômeno físico da convecção para dissipar calor. Os espaços requisitados são o mínimo para que isso ocorra de maneira satisfatória.


Figura 1: Inversores instalados sem respeito às distâncias mínimas recomendáveis


Estas distâncias não permitem passagem de eletroduto, eletrocalha ou cabos, pois caso seja feito, atuarão como restrição ao fluxo de ar.

Segurança

Leve em consideração a capacidade de resistência da parede. A parede (por exemplo, de concreto ou de metal) deve ser forte o suficiente para suportar o peso do inversor por um longo período.

Os inversores não devem ser instalados perto de itens explosivos ou inflamáveis. Todos os campos eletromagnéticos intensos devem ser mantidos longe do local de instalação.”

No tocante à segurança do local a ser instalado, como outros equipamentos elétricos, deve-se mantê-lo longe de substâncias explosivas ou inflamáveis, inclusive paredes de madeira.

A resistência da parede também precisa ser levada em consideração, pois a carga mecânica a que será submetida pode não ter sido prevista, comprometendo assim a segurança do recinto. Consulte um técnico capacitado antes de perfurar a parede!

Posicionamento

Instale o inversor onde ela fique acessível para a manutenção e a conexão elétrica. Instale o inversor ao nível dos olhos para a operação e a manutenção com conveniência. A posição de instalação não deve impedir o acesso aos meios de desconexão.

Observamos aqui itens importantes, para facilitar manobras e manutenções no circuito. Oportunamente podemos resgatar a norma NBR 5410.

Os componentes da instalação elétrica devem ser dispostos de modo a permitir espaço suficiente tanto para a instalação inicial quanto para a substituição posterior de partes, bem como acessibilidade para fins de operação, verificação, manutenção e reparos.”

Percebemos que não se trata apenas de algo imposto em manual, mas sim uma chamada para o que a NBR já dizia. É de vital importância não apenas o fácil acesso aos inversores, mas também a dispositivos de manobra como disjuntores.

Por outro lado, também se ressalta a importância de se ater a esta parte em locais onde existem crianças ou simplesmente elevado trânsito de pessoas. Neste caso, a recomendação é de se evitar completamente, nem instalando o inversor em posicionamento de fácil acesso com boa visibilidade e também nem instalando em alturas mais elevadas, dificultando manobras ou interações com o equipamento. Pois de qualquer forma haverá mais riscos e consequências negativas do que vantagens.

Mas afinal, onde deve ser colocado o inversor?

Posto todas as ressalvas, podemos analisar locais que facilmente atenderiam as solicitações e garantiriam uma operação adequada e segura do inversor bem como de todos os itens de proteção do circuito.

Em ambientes residenciais muitas vezes o proprietário ou responsável busca um ambiente em que se possa “esconder” o equipamento, o que faz bastante sentido até certo ponto.

Ora, uma despensa, lavanderia ou garagem são locais, usualmente, de fácil acesso, mas que as pessoas pouco transitam ou pouco ficam. Por outro lado, colocar no sótão pode ser um grande erro, já que em eventos de manutenção ou manobra, muitas vezes uma escada seria necessária para acessar o local.

Corredores podem ser interessantes pois são espaços pouco utilizados, mas, pela passagem constante de pessoas e até do constante risco desavisados estarem no recinto, torna-se um local não tão seguro e portanto não recomendado.

Em ambientes comerciais ou industriais, temos algumas alternativas também. Primeiramente, devemos buscar locais onde não haja presença de pessoas ou trânsito de máquinas, itens de produção ou comércio, entre outros.

Alguns locais atrativos podem ser: almoxarifado, sala de servidores ou computadores (desde que climatizados).

Ambientes externos devem respeitar conceitos anteriormente abordados: não exposição à chuva e incidência direta de sol. Como sugestão, pode-se elaborar um toldo, como visto na imagem abaixo.

Figura 2: Toldo para evitar incidência solar e chuva


Ainda neste caso, tanto o quadro CA quanto a stringbox devem ter grau de proteção IP65, para poder operar corretamente.

Para grandes usinas, temos a hipótese de construir a sala dos inversores em alvenaria ou em contêiner skid. Lembrando sempre da manutenção da temperatura do local, sendo por portas e janelas ou até por climatização do ambiente.

É imprescindível prever o local da instalação do inversor no processo de negociação para antever os custos (especialmente para grandes usinas).

Figura 3: Sala de inversores em usina de grande porte



Fonte: Canal Solar



15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page